No especial da semana dedicada ao meu mangaka de horror favorito, eu não poderia deixar de comentar sobre as one-shots do autor. Então aqui você vai encontrar três dicas bem legais.

Antes de tudo, é preciso entender que one-shots são pequenas histórias que podem ir de 2 até menos de 100 páginas. A maioria das one-shots do Ito se encontra como histórias bônus em alguns mangás, ou em suas coletâneas.

O melhor das one-shots do Junji Ito é perceber a versatilidade do autor. Mangás tem muitas páginas e volumes, então o autor pode explorar e trabalhar bem seus personagens e o enredo. Agora, imagine fazer isso em poucas páginas? O Junji Ito mostra exatamente isso, que ele pode te arrepiar em uma história grande, tanto quanto em uma menor e nem por isso, perder a bizarrice e qualidade.

 

A cadeira humana

chair

Publicada em 2007, a one-shot “A cadeira humana” não faz parte de nenhuma compilação como bônus de um mangá do autor. E provavelmente, foi uma das histórias; com um enredo bem simples, mas que particularmente mais me incomodou. E muito!

Imagine a seguinte situação, você entra em uma loja para comprar uma poltrona aconchegante e o vendedor te conta uma história macabra sobre poltronas. E o pior, stalkers!

Eu sei, não faz sentindo temer isso. Apesar de ser uma one-shot, A cadeira humana conseguiu imprimir em mim um medo que jamais pudesse me incomodar: O de estar sendo constantemente vigiada por alguém.

Isso me deixou extremamente perturbada e me torna ainda mais fã do trabalho do Junji. Mesmo que você não sinta medo, eu já comentei que ao menos, algo fica impregnado em você.

human1

O Junji é bem direto, então a história não vai ter nenhum rodeio. Ela tem o inicio, conta o que precisa contar e tem um desfecho intenso. Aliado a parte visual que ele dá aos seus trabalhos, existe um realismo que deixa qualquer brave heart no mínimo em estado de choque!

De todas as one shots essa é a minha preferida e a que eu mais recomendo! Foi um pavor imenso que eu senti! Só eu sei do meu sofrimento e ele foi real (Drama Queen).

 

O Enigma da falha de Amigara

amigara

Essa one-shot não me causou medo, mas para aqueles que têm claustrofobia vai ser um terror. Ela me deixou agoniada e meio pensando “que porra é essa que esse povo tem na cabeça?

Essa história é um pouco mais longa. Um terremoto revela uma parede em uma rocha, onde estranhas silhuetas humanas estão desenhadas. Até aí, tudo bem, o problema é quando as pessoas começam a ir até o local e descobrem que existem formas suas, com encaixe perfeito. Olhar para as formas causa uma espécie de fascínio que culmina em desespero para as pessoas adentrarem em suas formas.

amigara1

É uma one-shot bizarra, com um final bizarro! Eu me pergunto de onde sai tanta coisa doida da cabeça do Ito. Muitas pessoas consideram Amigara como uma das melhores one-shots, eu não acho, mas ela é estranha, e querendo ou não, envolvente.

Library of Illusions
(Biblioteca das Ilusões)

lb1

Minha segunda one-shot favorita. Essa tem um enredo simples, mas bem característica do Ito, envolvendo humanos e suas obsessões!

Library conta a história de um cara casado, que é um verdadeiro bookaholic. Em sua biblioteca ele tem milhares de livros e é um completo obcecado. Quando dois livros especiais somem, um favorito da mãe e o outro do pai, ele fica completamente insano.

lbesse

Essa obsessão pelos livros perdidos é o que move a trama. Ito consegue criar um dinamismo intenso que envolve o leitor a cada quadro. O final é muito bom, mas por ser uma obra típica do Ito, vai ter aquele finalzinho deliciosamente aberto e a margem para especulações. Eu particularmente adoro.

Espero que tenham gostado e não deixem de comentar!

 

Facebook Comments

Keyla Kercya

Apaixonada por fantasia,terror e quadrinhos. Tem uma crush pelo Batman, Nightwing,Bluebird e Harley Quinn. Gótica assumida que ama Unicórnios!