As Brigadas Fantasma é o segundo livro da série “Guerra do Velho” do autor norte americano John Scalzi. E se você se divertiu no primeiro, prepare-se para se emocionar nesse livro. 

Brigadas Fantasma acompanha a Tenente Jane Sagan, que já nos foi apresentada no primeiro livro. Jane tem a dura missão de tentar acabar com uma aliança entre três raças alienígenas que prometem dizimar completamente a raça humana. Poderia ser uma tarefa simples para Jane  se entre nossa própria espécie não houvesse um traidor. 

” A tecnologia humana era boa, mas a arma que importa, no fim das contas, e aquela que fica atrás do gatilho.”

As forças especiais ganham Jared Dirac. O Soldado Dirac carrega a memória do traidor. No entanto, Jared nos mostra através de uma reflexão sobre si e suas antigas memórias o que faz um alguém ser o que ela é. 

Ao contrário do seu antecessor, Brigadas Fantasma não possui um foco nas grandes batalhas espaciais que participamos ao lado de John Perry.  Scalzi preferiu trabalhar os aspectos mais humanos e as relações inter espécies no livro. 

Capa do livro

Através de uma reflexão sobre vida, morte, alma e caráter, Scalzi nos mostra que o que nos faz únicos, são nossas escolhas boas ou más. Jared apesar de ter recebido a memória de um traidor nos mostra que os caminhos que tomamos e as experiências que vivemos nos moldam. Ele é um personagem profundo, intrigante e extremamente cativante. É impossível você não se apegar e sentir toda a complexidade da jornada interna e externa de Jared. 

Jared é um personagem cativante, porém não dá para falar das Brigadas Fantasma e esquecer da Tenente Sagan. Jane é simplesmente a minha personagem favorita nessa série. Ela é um soldado que foi moldado para viver e morrer pelos ideais militares a que foi criada. No entanto, temos uma mulher forte, corajosa, determinada e que acima de tudo; sente, ama e se compadece. Jane é um alento fortificante dentro da narrativa. 

Eu sou fã dessa série e do autor. John Scalzi faz um trabalho excelente ao conduzir uma space-opera militar com bom humor. Alguns momentos me fizeram rir muito, principalmente seus personagens tão reais que falam palavrão e acabam sendo tão próximos aos leitores. Scalzi cria personagens como nós. Nem bons, nem maus. 

Outra ponto favorável da série é a diversidade dos personagens e como eles se comportam sexual e emocionalmente uns com os outros. Scalzi trabalha diversidade sexual de uma maneira simples e direta, sem fazer disso um grande circo. Essa nova leva de autores de ficção científica como Nnedi Okorafor e Becky Chambers estão dando um show nessas questões tão pertinentes e que foram ao longo dos anos esquecidas e ignoradas. 

O único ponto talvez negativo seja o início do livro. Ao contrário de Guerra do Velho que já nos vemos inseridos nos problemas e\ou soluções de John Perry, o início de Brigadas é lento. Existem novos personagens a serem apresentados e uma vastidão de conceitos biológicos necessários para que o leitor entenda a profundidade das questões que envolvem os soldados das forças especiais. Não é ruim, mas talvez para os mais afoitos, essa quebra na expectativa por esperar ação imediata seja ruim. 

Espero muito que a Aleph lance rapidamente o próximo livro da série. Apesar de Brigadas não ser uma continuação tão direta de Guerra do Velho, “The Last Colony” terceiro livro da série tem uma narrativa que parece ser direta aos acontecimentos que levaram a conclusão final do livro 2. Agora é esperar e esperar. 

Livros da série

*Livro cedido pela editora em parceria* 

Onde ComprarAmazon | Saraiva 

As Brigadas Fantasma Book Cover As Brigadas Fantasma
Guerra do Velho #2
John Scalzi
Space-Opera Militar; Ficção Científica
Editora Aleph
376

Na continuação do premiado livro Guerra do Velho, a tenente Jane Sagan descobre uma armadilha sendo tramada contra a humanidade e um plano para a subjugação e a erradicação de sua espécie inteira. É um genocídio planejado detalhadamente com base na cooperação, até então inédita, entre três raças. E um ser humano. Para lidar com essa trama, as Brigadas Fantasma, com soldados que já nascem com o propósito de proteger a raça humana, precisam entrar em ação. Passando por conflitos de identidade, mas com um forte senso de companheirismo, esses soldados serão liderados por Jane Sagan, que precisa impedir uma guerra entre espécies enquanto lida com um fato preocupante: em meio a suas fileiras, pode haver um traidor. Com a escrita dinâmica, leve e inteligente característica de John Scalzi, As Brigadas Fantasma discute questões éticas e de identidade enquanto envolve o leitor na história de uma grande conspiração política e bélica.

Facebook Comments

Keyla Kercya

Apaixonada por fantasia,terror e quadrinhos. Tem uma crush pelo Batman, Nightwing,Bluebird e Harley Quinn. Gótica assumida que ama Unicórnios!