Como falar desse livro que é pequeno em quantidade de páginas, mas grande em questão de destruidor de corações. Nunca Jamais é junção de uma autora já bastante conhecida pelo público brasileiro, Colleen Hoover e sua amiga Tarryn Fisher, também escritora, porém com seus livros sendo publicados recentemente no Brasil.

“Nunca parar.

Nunca esquecer.”

O livro conta a história de Silas e Charlie um casal, pelo menos foi isso que disseram para eles, que estão juntos desde dos seus 14 anos. Nossos protagonistas não se lembram de nada, o que é bem intrigante, principalmente quando a principal se pergunta como são seus pés.

“Que estranho ser feito de carne, osso e preenchido com uma alma que nunca conheceu.”

A busca por informações começa, e o mais estranho é Charlie e Silas terem que fazer isso juntos, sem nem se conhecerem. A cada nova informação á resolução se mostra mais distante e isso prende o leitor até a última página.

Os capítulos se alternam pelo ponto de vista de Charlie, que foi feito por Tarryn e Silas, que foi feito por Colleen. Através disso temos uma ideia já sabendo que as histórias são feitas por personalidades diferentes, por escritores que escrevem de forma diferente.

Charlie descobre que não é exatamente a melhor adolescente do mundo, na verdade ela é bem ruim, principalmente com sua irmã mais nova, algumas pessoas de sua escola e Silas, antes de ambos perderem a memória. Os motivos que a levam a se tornar dessa forma são certos e errados, vocês só entenderam depois de ler.

Silas antes de perder a memória era muito carinhoso e dedicado, sempre fazendo o que a família quer, e tinha um grande amor por Charlie, sua primeira namorada. Tinha uma paixão secreta por fotografia e ajudava as pessoas sem nem mesmo perceber. E mesmo depois de tudo ele continua dessa maneira, isso se mostra bem perceptível no livro.

“Eu ouvi minha mãe dizer, que as pessoas não podem se apaixonar na nossa idade, mas não acho que isso é verdade. Os adultos gostam de fingir que nossos sentimentos não são tão importantes quanto os seus; Que somos muito jovens para sabermos o que queremos. Mas eu acho que o que queremos é semelhante ao que eles querem. Queremos encontrar alguém que acredite em nós. Alguém que está conosco e nos faz sentir menos solitários.”

Essas duas personalidades distintas acabaram juntas, só que agora com objetivos diferentes. Silas quer se lembrar de tudo, sua família, vida social e Charlie, bem, Charlie não quer lembrar de tudo.

“Seus olhos são como dois livros abertos e eu quero devorar cada página de repente.”

O livro é divido em três partes a primeira é bad, a segunda hardcore e a terceira agora tudo faz sentido. Brincadeira!

Cada parte do livro lhe preenche com uma nova surpresa, assim que você lê o primeiro automaticamente ira querer ler o segundo e assim por diante até que tudo se encaixa da forma correta na sua cabeça.

“Mas no instante em que entrei no quarto período e sentei ao lado de Charlie, meu humor mudou. Ela é da família. A minha única coisa familiar em um mundo de incoerência e confusão.”

Um bom mistério, um bom romance e uma boa história.

Nunca Jamais Book Cover Nunca Jamais
Colleen Hoover e Tarryn Fisher
Mistério, Romance e Drama
Galera
2016
192

Charlie Wynwood e Silas Nash são melhores amigos desde pequenos. Mas, agora, são completos estranhos. O primeiro beijo, a primeira briga, o momento em que se apaixonaram... Toda recordação desapareceu. E nenhum dos dois tem ideia do que aconteceu e em quem podem confiar.

Charlie e Silas precisam trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu com eles e o porquê. Mas, quanto mais eles aprendem sobre quem eram, mais questionam o motivo pelo qual se juntaram no passado.

Facebook Comments

Heloisa Almeida

Tenho 17 anos, Alagoana de sangue quente. Passo a maior parte do meu dia lendo, sou uma leitora eclética e com gosto musical refinado ao estilo clássicos do Rock, sempre abrindo espaço para Indie, minha grande paixão. Tenho uma cachorra que dou mais prioridade do que minha própria vida pessoal, tenho melhores amigas que consider irmãs de outra mãe. Com sempre digo: "Estou seguindo o fluxo para onde a vida quiser me levar."

About The Author

Heloisa Almeida

Tenho 17 anos, Alagoana de sangue quente. Passo a maior parte do meu dia lendo, sou uma leitora eclética e com gosto musical refinado ao estilo clássicos do Rock, sempre abrindo espaço para Indie, minha grande paixão. Tenho uma cachorra que dou mais prioridade do que minha própria vida pessoal, tenho melhores amigas que consider irmãs de outra mãe. Com sempre digo: "Estou seguindo o fluxo para onde a vida quiser me levar."

Related Posts