“… Ela riu mais um pouco. Depois tomou mais café – Na época em que ele era um deus, era conhecido como Anansi …”.

Os filhos de Anansi é uma fantasia escrita pelo Britânico Neil Gaiman, lançado em 2006, aqui no Brasil. Neil Gaiman tem mais de 20 livros publicados para leitores de todas as faixas etárias.

Nesta obra que trago a vocês iremos embarcar em um território rico em elementos mitológicos com bastante humor, além de uma narrativa que flui tranquilamente, te envolvendo totalmente.

A história se passa em Londres Inglaterra, embora o personagem central tenha nascido na Flórida/Califórnia – Estados Unidos. E é nesse enredo que iremos conhecer um pouco sobre uma lenda/mitologia Africana, por meio dos personagens.

O livro trás vários personagens sejam eles centrais ou secundários, porém para minha visão superimportantes para o desenrolar e desfecho dos conflitos que irão surgir ao longo da história. O personagem Charlie Nancy, conhecido por todos como Fat Charlie, um rapaz que apresenta vários conflitos na sua infância, dos quais fazem com que ele faça tudo para esquecer-se de onde veio por isso à mudança para Londres onde deixou tudo para trás e assim recomeçar em uma nova rotina.

“… Histórias são teias conectadas fio a fio. E você deve seguir cada história até o centro, porque o centro é o final. Cada pessoa é um fio da história…”.

Fat é noivo de Rosie uma mulher independente, generosa, porém com uma mãe um pouco intragável, que por sua vez não lida muito bem com o noivado dela com Nancy. Com a data de casamento marcado, Rosie questiona Nancy sobre sua família, pressiona Charlie a convidar seu pai, mas Charlie reluta para tal atitude, devido a relação conturbada e difícil, pois seu pai sempre o colocou Fat em situações constrangedoras e o mesmo não quer que isso venha ocorrer em seu casamento.

Aí você deve estar se perguntando? Qual pai não faz isso com seu próprio filho (a)? Confesso que o meu já fez isso várias vezes, mas acredite! Foi fichinha perto do que o Senhor Nancy já fez Charlie passar, fazendo meu pai parecer um Santo rsrs.

Mas por amor Nancy reconsidera, e acaba por ligar para seu pai na Florida onde descobre que seu pai faleceu e ainda por cima sua vizinha conta que seu pai Sr. Nancy era um Deus Anansi. Com isso Fat viaja as pressas. E por conta desta viagem de última hora que Charlie irá se deparar com descobertas fantásticas e mega constrangedoras, que irá fazer sua vida pacata e rotineira virar de ponta cabeça cheia de aventuras.

Um enredo que mistura mitologia com toques Xamanistas, elementos do Folclore Afro-Americano, além de você, assim como eu durante a leitura me deparei com um mundo conturbado sobre a relação de pais e filhos ( como todos nos temos), mas com um certo humor discreto, mas que talvez não agrade a todos os leitores.

Eu particularmente gostei muito, pois me deparei em várias situações que já vivenciei ao longo da minha vida. Além de acompanhar a superação de um homem simples em um mundo obscuro e ao mesmo tempo maravilhoso dos Deuses. Porém não com o mesmo humor colocado por Gaiman.

“… Essa história começa, assim como a maioria das coisas, com uma música. Afinal de contas, no começo havia as palavras, e elas vinham acompanhadas de uma melodia. Foi assim que o mundo foi feito, que o vazio foi dividido e que a terra, as estrelas, os sonhos, os pequenos deuses e os animais vieram ao mundo. Eles foram cantados…”.

Os Filhos de Anansi Book Cover Os Filhos de Anansi
Neil Gaiman
Fantasia
Conrad
2011
344

Charlie Nancy tem uma vida pacata e um emprego entediante em Londres. A pedido da noiva, ele concorda em convidar o pai para seu casamento e fazer disso uma tentativa de reaproximação, já que há vinte anos os dois não se falam. Enquanto isso, no palco de um karaokê na Flórida, o pai de Charlie tem um ataque cardíaco fulminante. A viagem de Charlie até os Estados Unidos para o funeral acaba se tornando a jornada de uma nova vida. Charlie não tinha ideia de que o pai era um deus. Menos ainda de que ele próprio tinha um irmão. Agora sua vida vai ficar mais interessante... e bem mais perigosa. Embrenhando-se no território de lendas e deuses pagãos, a poderosa narrativa de Neil Gaiman leva o leitor a mergulhar nessa história fantástica e bem-humorada sobre relações familiares, profecias terríveis, divindades vingativas e aves muito malignas.

Facebook Comments

Fabiana Souza

Fabiana Souza (Fabi) 33 anos é Paulista, professora de Educação Física e Personal Trainer. E assim como a profissão é apaixonada por ler, ouvir música e assistir filmes! A música faz parte do seu dia a dia tanto que dorme e acorda ouvindo música, sempre estará com os fones no ouvido, principalmente enquanto estiver lendo. Como todo leitor tem um gênero favorito e o seu é distopias, mas não recusa uma boa história independente do seu gênero, outra paixão e por tatuagens; principalmente se forem literárias ou que tenham algum significado importante pra si!

About The Author

Fabiana Souza

Fabiana Souza (Fabi) 33 anos é Paulista, professora de Educação Física e Personal Trainer. E assim como a profissão é apaixonada por ler, ouvir música e assistir filmes! A música faz parte do seu dia a dia tanto que dorme e acorda ouvindo música, sempre estará com os fones no ouvido, principalmente enquanto estiver lendo. Como todo leitor tem um gênero favorito e o seu é distopias, mas não recusa uma boa história independente do seu gênero, outra paixão e por tatuagens; principalmente se forem literárias ou que tenham algum significado importante pra si!

Related Posts